Aos Mestres, com carinho!

Aos Mestres, com carinho!
Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Mendes Campos

quinta-feira, 13 de março de 2014

Um outro mundo é necessário



Reproduzo um lindo e emocionante texto escrito por Aline

Se as minhas mãos que hasteiam bandeiras não puderem amparar um amigo, como posso dizer que sou comunista?

Se eu trouxer no peito um machado e uma foice e não vibrar comigo no mesmo peito a dor de um semelhante, nunca poderei defender as ideias de um símbolo.

Se meu corpo tem disposição para marchar e nenhuma disposição para abraçar, em que verdade está firmada a minha luta?

Se ver uma criança marginalizada e refém de um sistema cruel não me partir o coração, com que coração amarei a justiça?

Jamais poderia me passar despercebido as necessidades dos homens sendo sobrepujadas às vaidades de outros homens.

Como posso conceber que um indivíduo pode ser facilmente substituído por outrem se ele é único?

A palavra da teoria, a letra que define a ideia, a concepção elaborada de um novo mundo não é mais importante do que aquele a quem ela serve.

A solidariedade com os homens é a principal característica de um comunista, se esse princípio básico não está firmado, serão necessários milênios até a revolução.


******
Postagem programada - blogueiro de férias - 06/03 a 04/04/14.