Aos Mestres, com carinho!

Aos Mestres, com carinho!
Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Mendes Campos

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

ATÁVICA, poema de Adélia Prado


Minha mãe me dava o peito e eu escutava,
o ouvido colado à fonte dos seus suspiros:
‘Ô meu Deus, meu Jesus, misericórdia’.
Comia leite e culpa de estar alegre quando fico.
Se ficasse na roça ia ser carpideira, puxadeira de terço,
cantadeira, o que na vida é beleza sem esfuziamentos,
as tristezas maravilhosas.
Mas eu vim pra cidade fazer versos tão tristes
que dão gosto, meu Jesus misericórdia.
Por prazer da tristeza eu vivo alegre.

Adélia Prado

Júlia Vargas - "Canoa, canoa"

sábado, 8 de dezembro de 2018

A Babaquice de Deus, por André Carvalho




"Deus, Supremo, Todo-Poderoso, Onipresente, Onividente, Onipotente, Omni-Tripla-Ação, Omni3. Escolha como quer chamá-lo, se Jesus, Jeová, IHVH, Buda Quetzalcoatl, Oxalá, Ormuz Masda, Osíris, Zeus, Alá, Rá, Ishtar, Júpiter ou Chuck Norris. Tudo isso é a mesma coisa e, no fundo, Deus é um grande troll. Sim, isso mesmo! Se todos os crentes estão certos e realmente existir um deus, ele é a criatura mais sádica, bandida, perversa, moleque e não tem o direito de usar farda preta."

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Daíra cantando Belchior no Sr. Brasil

A CRIAÇÃO, por Eduardo Galeano



A mulher e o homem sonhavam que Deus os estava sonhando.
Deus os sonhava enquanto cantava e agitava suas maracas, envolvido em fumaça de tabaco, e se sentia feliz e também estremecido pela dúvida e o mistério.
Os índios makiritare sabem que se Deus sonha com comida, frutifica e dá de comer.
Se Deus sonha com a vida, nasce e dá de nascer.
A mulher e o homem sonhavam que no sonho de Deus aparecia um grande ovo brilhante.
Dentro do ovo, eles cantavam e dançavam e faziam um grande alvoroço, porque estavam loucos de vontade denascer.
Sonhavam que no sonho de Deus a alegria era mais forte que a dúvida e o mistério; e Deus, sonhando, os criava, e cantando dizia:
– Quebro este ovo e nasce a mulher e nasce o homem. E juntos viverão e morrerão. Mas nascerão novamente. Nascerão e tornarão a morrer e outra vez nascerão. E nunca deixarão de nascer, porque a morte é mentira.

Eduardo Galeano

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

O mundo de Deus, por Mario Quintana



Aquele astronauta americano que anunciou ter encontrado Deus na lua é no
fim de contas menos simplório do que os primeiros astronautas russos, os quais
declararam, ao voltar, não terem visto Deus no céu.

Porque, se Deus é paz e paz é silêncio afinal, deve Ele estar mesmo muito mais
na lua do que nas metrópoles terrenas.

E, pelo que me toca, a verdade é que nunca pude esquecer estas palavras de um personagem de Balzac:

“O deserto é Deus sem os homens.”

Mario Quintana

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

FALAS DE UNS, poema de Mia Couto




O caçador fala,
o marinheiro cala.

Um vive de morte emboscada,
outro se amarra em cais de partida.

O homem faz amor
para se sentir bem.

A mulher faz amor
quando se sente bem.

Uns falam.
Outros apenas fogem do silêncio.

Uns amam.
Outros de si mesmos escapam.

Mia Couto