Aos Mestres, com carinho!

Aos Mestres, com carinho!
Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Mendes Campos

terça-feira, 1 de março de 2016

Foram-se os anéis. Ficaram-me os dedos, por Clara Baccarin




Foram-se os anéis. Ficaram-me os dedos
De uma vontade de amar faminta
Pousando em pedras hermeticamente preciosas
Quebrei meus olhos de ilusão e vidro
Fiquei eu desencasulada, recolorida, nova
A estranhar minhas próprias asas
Ensejando e fazendo pacto de vida
Com a imensidão dos dias
Dos pousos apressados em busca de chão
Me libertei de minha própria escravidão
Na coragem de flutuar no desconhecido
Solta num vento que não ouso nomear Deus
Sou massa mole, aberta porém cuidadosa
Agora quero me deixar ser esculpida
pelo tato rudimentar da vida