Aos Mestres, com carinho!

Aos Mestres, com carinho!
Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Mendes Campos

domingo, 6 de março de 2016

Convidou o amigo poeta, poema de Carlos Maia

Poeta Carlos Maia

A meu amigo Itárcio Ferreira

Convidou o amigo poeta, músico e funcionário
público a dar uma desculpa qualquer
no trabalho e irem para a praia de Calhetas
com o outro amigo poeta
e canalha,
ao bar de Sarico
com aquela vista dupla fantástica!

De um lado Gaibu
e do outro Nazaré
com aquela casa do faroleiro
em ruínas,
maravilhosa.

Convidou o amigo generoso
a viver,
naquela quinta-feira cinzenta
opaca e vazia

Ou não sei se o vazio estava
em mim

O vazio que nada
preenchia

O vazio dessa existência canalha
neste planeta de expiação!

Não sei sinceramente
porque me mandaram para cá.

Eu só consigo encarar
essa miséria muito chapado!

Confortavelmente anestesiado!




Visitem o blog do poeta Carlos Maia, meu amigo e irmão: Memória das Pedras