Aos Mestres, com carinho!

Aos Mestres, com carinho!
Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Mendes Campos

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Digressão de Sísifo 220, um poema de Paulo Jonas de Lima Piva


Quer saber?


Adoro quando o seu quadril aumenta
E suas bochechas afloram
E seus seios incham
E quando o suor do seu cavalgar desajeitado
Ondula as dobrinhas da sua barriga
deságua nos seus pelos
Naquele monte de pelos pretos...

Quer saber mesmo?

Adoro ver sua boca lambuzada de chocolate, animada, me contando algo
E quando você, maliciosa
Diz que seu esporte predileto é esmaltar os pés
Só de calcinha.

É por isso que na sua ausência
Como anos fico horas
Projetando no teto
Deitado sobre o presente
Você de costas
Exausta
Se levantando de mim
Revivendo aquela celulite insegura e linda
Que nenhuma academia ou dieta será capaz de esculpir.