Aos Mestres, com carinho!

Aos Mestres, com carinho!
Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Mendes Campos

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

44 frases (e fragmentos de poesias) sobre o amor. Por Camila Nogueira

"De todas as coisas secretas, o amor é a mais pública", Honoré de Balzac (Ilustração de Jahna Vashti)
Ilustração de Jahna Vashti

O verdadeiro amor é como a aparição dos espíritos: muita gente fala neles, mas poucos os viram”, François de la Rochefoucauld
Se julgarmos o amor pelos seus efeitos, ele se assemelha mais ao ódio do que à amizade”, François de la Rochefoucauld
Se eu falasse todas as línguas, as dos homens e as dos anjos, mas não tivesse amor, seria como um bronze que soa ou um címbalo que retine. Se eu tivesse o dom da profecia, se conhecesse a ciência e os mistérios, se tivesse fé o bastante para remover montanhas, mas não tivesse amor, nada seria. Se eu gastasse todos os meus bens no sustento dos pobres e até me fizesse escravo, para me gloriar, mas não tivesse amor, de nada me aproveitaria”, São Paulo
Ame o próximo. Se ele for jovem, alto e devastador, isso vai ser muito mais fácil”, Mae West
O amor é contagioso, com especialidade na solidão, onde a alma tem necessidade de uma companheira, e quando de todo não a encontra, divide-se ela própria para ser duas: uma, esperança; outra, saudade”, José de Alencar
O curso do verdadeiro amor nunca é sereno“, William Shakespeare.
As grandes paixões são raras como as obras-primas“, Honoré de Balzac
Não é Amor amor se não vier
Com doudices, desonras, dissensões,
Pazes, guerras, prazer e desprazer,
Perigos, línguas más, murmurações. Luís Vaz de Camões

Nosso amor se mutila a cada instante. A cada instante
Agonizamos ou agoniza alguém
Sob o carinho nosso. Carlos Drummond de Andrade

O homem prudente afasta seus pensamentos do amor, sabendo que ele é uma doença“, Lucrécio
Como para os homens, também para as mulheres o mais agradável é o amor roubado“, Ovídio
O amor não pode exercer seus poderes entre duas pessoas que estejam casadas uma com a outra“, Marie, Condessa de Champagne
A gente por onde anda cria amor e desamor, e vai deixando atrás de si aqueles pedaços de coração. Bem-querer ou ódio“, Rachel de Queiroz
É preciso amar, é preciso odiar – são as duas molas da vida“, Mario Quintana
Camões escreveu: ‘Quem ama inventa as penas em que vive’. ‘Quem ama inventa as coisas a que ama’, acrescentaria eu, se a tanto me atrevesse“, Mario Quintana
Os mortos não querem nada, no seu reino grande e frio,
e estão livres de convenções, e nada vale o amor tardio.
O amor enfim. Cecília Meireles

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama
Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure. Vinícius de Moraes

Amor, amor! Será que algum dia conseguirás conciliar-te com a razão?“, Abade Prévost
O amor é como a neblina que você vê de manhã, quando acorda antes do nascer do sol. A neblina está ali e, um momento depois, ela desaparece. O amor é uma neblina que dissipa na aurora da realidade“, Charles Bukowski
Neste ano nós não somos as mesmas pessoas do ano passado, como também não o são as criaturas que amamos. Já é muita sorte quando, mudando, continuamos a amar uma pessoa mudada”, W. Somerset Maugham
O amor não tem nada a ver com o que você espera receber – apenas com o que espera dar – que é tudo“, Katharine Hepburn
Ela não podia deixar de ficar perturbada ao vê-lo e de sentir porém o prazer de o ver; mas, quando deixava de o ver e pensava que aquele encantamento que sentia quando o via era o início da paixão, pouco faltava para que julgasse odiá-lo“, Madame de La Fayette
As palavras mais obscuras de um homem que nos agrada causam mais agitação que as declarações abertas de um homem que não nos agrada“, Madame de La Fayette
Há pessoas que nunca teriam se apaixonado se não tivessem ouvido falar de amor“, François de la Rochefoucauld
Amamos tanto quanto podem os homens amar, ou seja, imperfeitamente“, Pascal Bruckner
É um pensamento curioso, mas apenas quando vemos as pessoas em situações realmente ridículas é que nos damos conta do quanto as amamos”, Agatha Christie
Todos nós, homens e mulheres, nos tornamos indiferentes aos nossos brinquedos quando, depois de um longo período de luta, os temos em segura posse. Você fará bem em se acostumar a isso, pois o ápice do amor é o passado“, Ellen Wood
Quando alguém está apaixonado, começa enganando a si mesmo e acaba por enganar os outros“, Oscar Wilde
O Amor é aquela poderosa atração que nos encaminha a tudo aquilo que nós concebemos, ou que temos, ou que esperamos, além de nós mesmos, quando descobrimos dentro de nossos próprios pensamentos o abismo de um vazio insuficiente“, Percy Shelley
O que há de mais apaixonante no amor são os descobrimentos que ele nos permite fazer sobre nós mesmos“, Aldous Huxley
Ninguém pode legitimamente alegar o estado conjugal para se furtar ao amor“, André le Chapelain
É vão o amor, o ódio, ou o desdém;
Inútil o desejo e o sentimento…
Lançar um grande amor aos pés d’alguém
O mesmo é que lançar flores ao vento! Florbela Espanca

O amor contém em si um fenômeno tão raro que pode-se viver a vida inteira sem encontrar a doce criatura a quem a natureza conferiu o dom de nos fazer felizes“, Honoré de Balzac
De todas as coisas secretas, o amor é a mais pública“, Honoré de Balzac
O amor, em geral, não quer lei assim feita,
E em proclamar a escolha o amante se deleita;
Sua paixão não vê na amada o condenável;
O objeto de um amor é sempre doce e amável:
Ele torna todo defeito em perfeição
Com nomes lindos feitos na imaginação;
A pálida é ao branco do jasmim comparável,
A preta assustadora é morena adorável;
A magra é elegante e ainda tem liberdade.
A gorda, por seu porte, é toda majestade;
A que, por andar suja, não é atraente,
Recebe o nome de beleza negligente;
A gigantesca aos olhos é deusa a brilhar,
E a anã compacta o que o céu pode dar;
O peito da orgulhosa merece coroa;
A desonesta é esperta, e a pateta é boa;
A tagarela encanta com o seu bom humor,
E a mudez encobre um honesto pudor.
É assim que o amante, com o amor em chama,
Gosta até dos defeitos daqueles que ama. Molière

Monsieur, os pobres não precisam de muito para se sustentar. Eles só querem as migalhas de pão que caem da mesa dos ricos – mas se lhes recusam tais migalhas, eles morrem de fome. Realmente não preciso de muita afeição daqueles que amo. Eu não saberia o que fazer com uma amizade total, absoluta, pois não estou acostumada a isso, mas você demonstrou um pouco de interesse por mim há algum tempo, quando eu era sua aluna em Bruxelas, e eu pretendo conservar esse interesse… Eu me agarro a ele como me agarro à vida“, Charlotte Brontë
Há todas as espécies de amor neste mundo, exceto o mesmo amor duas vezes“, F. Scott Fitzgerald
O amor não vê com os olhos, mas com a mente“, William Shakespeare
Tinha sido amor à primeira vista, à última vista, às vistas de todo o sempre“, Vladimir Nabokov
A dispepsia é a principal responsável pela reputação de uma melancolia romântica ou de acessos incontroláveis de fúria“, Agatha Christie
A ausência diminui as paixões medíocres e aumenta as grandes, como o vento apaga as velas e atiça as fogueiras“, La Rochefoucauld.
Um segundo interesse quase nunca traz consequências sérias; contra isso, portanto, nada tenho a dizer. Preserve-se de um primeiro amor e não precisará temer o segundo“, Jane Austen
Um amor que se conquista é bom, mas um amor que nos é dado sem pedir nada é ainda melhor“, William Shakespeare
A amizade é a perfeição do amor“, Samuel Richardson
*Este artigo é o primeiro de uma série. Nela, a colunista Camila Nogueira, de 18 anos, uma leitora voraz e onívora, vai compartilhar conosco grandes frases e reflexões sobre temas de eterna relevância na marcha da humanidade. Camila tem o bom hábito de anotar, em seu laptop, as passagens mais interessantes daquilo que lê, e é daí que virão as suas compilações. O primeiro assunto da série traduz a alma da colunista: o amor.