Aos Mestres, com carinho!

Aos Mestres, com carinho!
Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Mendes Campos

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

BENS, poema de Pedro Du Bois

Minha foto

O homem vê o espaço
abre os braços
mede distâncias
ao inaudito das terras
ocupadas: escuta sons
e os identifica em ecos
passageiros nas repetições
indevidas da sobrevivência
amealhada pela captura
insensível do momento

no espaço vazio (ocupado)
a visão abarca horizontes

ao homem
espaços apropriados
são bens acumulados.