Aos Mestres, com carinho!

Aos Mestres, com carinho!
Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Mendes Campos

domingo, 28 de setembro de 2014

Sem lenço e sem documento... Em Foz do Iguaçu - Parte 3/3


Não era possível. Havia planejado tudo nos mínimos detalhes. Chegando a Foz do Iguaçu, sexta-feira à noite, homem prevenido, havia sacado um pouco de dinheiro para as pequenas despesas e táxi. Agora ali no restaurante Cataratas a máquina do cartão de crédito informava: cartão bloqueado! Claro, só podia ser defeito daquele artefato perigoso em que jogamos para amanhã as dívidas do agora.

Catamos nossas últimas reservas de dinheiro – catamos, sim, eu e a exuberante morena que era Cleide, nos seus vinte e oito anos de beleza e hormônios a flor da pele; às vezes a flor da razão. Mas o que era a razão, que em sua essência nos leva a loucura, as guerras e a uma vida chata e burocrata, diante da emoção?

Todo aquele vulcão de beleza física, de conversa meiga e inteligente, que gostava de me ouvir divagar sobre assuntos diversos quanto horóscopo e filosofia, passando pela música e o conhecimento... Droga, sem dinheiro e sem cartão...



******