Aos Mestres, com carinho!

Aos Mestres, com carinho!
Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Mendes Campos

sexta-feira, 25 de abril de 2014

DEBULHANDO MILHO



Água

Líquido: meu corpo:
Clara, boia.


Terra

Pipoca uma palavra: pipocam palavras:
A ema cisca o milho: e põe o pó ema.


Fogo

Sol ardendo: meus olhos:
Olhares aflitos.


Ar

Riso preso: represa.
Riso solto: abraço.


Milho

Beijo de língua: abraço d(e)amante.
Fome de vida: milho assado.


Homem

Sede e fome: o corpo.
Banzo e chamego: a essência.


Poema

Teus olhos azuis brilham na noite:
O gato, de botas? A gata, Christie?


Fome

Debulhando a vida: a fome.
Debulhando o milho: a comida.