Aos Mestres, com carinho!

Aos Mestres, com carinho!
Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Mendes Campos

terça-feira, 8 de outubro de 2013

POR ESTES DIAS




Por estes dias
a poesia tem chegado a mim
aos borbotões.

Se durmo,
em sonhos ela vem.

Se falo,
como se em línguas falasse,
ela surge.

Se amo,
envolvido com o suor dos corpos,
ela se disfarça, e nasce.

Mas nem sempre foi assim.

Devo aproveitar a chuva,
que a colheita seja farta
e os meus celeiros encham.

Embora às vezes ela me assalte
como um ladrão,
às vezes,
como aos solitários,
me falta, qual amante.


(Itárcio Ferreira)