Aos Mestres, com carinho!

Aos Mestres, com carinho!
Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Mendes Campos

terça-feira, 28 de maio de 2013

HEMORRAGIA MOSSORONIANA





                       

Dói a falta de tuas mãos,

a falta de tua voz,

como se um torturador ideológico

tirasse parte de mim

numa tortura abstrata,

sem ferro, sem fogo, sem força física.

Tiraste a metade do meu espírito.

                                   Que dor tão doída,

                                   essa dor do amor.



Vais para Mossoró

e levas para aquela terra tão calma

metade de mim choroso.

                                   E minha outra metade

                                   fica em hemorragia.



Mossoró, já tenho raiva de teu nome,

queres roubar meu amor.

Sou mais a Sé, o Carmo, o Varadouro,

                                   sou mais ela perto de mim.



Não me partas em dois,

                                   ai, essa dor!


(Itárcio Ferreira)